quarta-feira, 7 de outubro de 2015

DIY - Filtro dos sonhos, Dreamcatcher


Oi queridas! Tudo bem com vocês? Espero que tudo ótimo! 
Olha só, coloquei uma janelinha de seguidores do blog, à direita, em baixo do meu perfil. Clica lá! Faça parte! Vou ficar imensamente feliz! :)
Estava querendo fazer um filtro dos sonhos há um tempão, mas, sempre que lembrava de fazer, acabava desistindo porque não tinha bastidor em casa.
Então, pensei em usar papelão mesmo! E deu certo!
Depois eu falo um pouquinho mais sobre o filtro tá? A história é bem legal.

Para fazer esse "Dreamcatcher", eu usei:
. Um pedaço de papelão (capa dura de caderno). Faça um círculo maior (12 cm), depois recorte o centro, de modo que fique com espessura de 1 cm.
. Fio de sisal
. Fio de linha médio
. Tesoura
. Cola quente
. Pompom de seda
. Fitas, rendas, cordões...
. Pérolas pequenas, contas de pedra

Na foto, tem um rolo de linha de seda, ignore. Tentei fazer e não deu certo, substituí pelo sisal, só esqueci de fazer a foto...


 Comece enrolando o fio de sisal em toda a volta do papelão. Tome cuidado para que fique bem juntinho. Cole as pontas com cola quente no final.

 Depois, usando a linha, dê alguns nós no aro, formando um octógono, como mostram as imagens 1 e 2.
Em seguida passe a linha no meio dos espaços formados, como na terceira imagem.
Faça isso sucessivamente até sobrar um pequeno círculo no meio da teia. Como mostra o esquema.


Quando a teia estiver pronta, é só prender os enfeites.

Usei a pedra turquesa, que tem uma cor linda e é conhecida como amuleto da sorte desde a antiguidade.



 Esse vai para o quarto da minha filha. 

Um pouquinho da história...

O filtro dos sonhos, ou apanhador de sonhos, é um amuleto protetor usado por tribos indígenas dos Estados Unidos.
Os índios da tribo Ojibwe acreditavam que, ao anoitecer, o ar ficava cheio de sonhos bons e ruins, energias negativas e positivas.
O filtro separa os sonhos ruins e as energias negativas que podem nos fazer mal, eles ficam perdidos e presos na teia. Os sonhos bons passam pelo buraquinho no centro.
Quando os primeiros raios de sol surgem, o que está preso na teia desaparece.
Os originais são feitos de aro de vara de salgueiro revestido de couro. As penas penduradas podem ser de coruja, feminina, simboliza a sabedoria e águia, masculina, para dar coragem.
A teia representa nossa alma, nossas escolhas e caminhos.
O aro representa o círculo da vida.
O centro simboliza a força do universo.
A pena representa o ar, a respiração.
Pendure em cima das camas e onde bata sol.
Tentem fazer, é bem fácil. Espero que vocês tenham gostado!



Obrigada pela visita! :)

7 comentários:

  1. Inês, adoro tenho uma coleção deles!! Várias cores e tamanhos....ficou lindo! Beijo

    ResponderExcluir
  2. Hermoso, me encanta, quedó precioso!!! Te felicito. Besos.

    ResponderExcluir
  3. Minha irmã comprou um todo branco com penas...bonito, mas uma das minhas gatinhas acabou com as penas achando que era passarinho kkkkkkkkkkkk
    Ficou lindo!

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Di! KkKKKKKK
      Os de pena são lindos!
      Um beijo querida!
      Ótimo fim de semana!

      Excluir
    2. Obrigada Di! KkKKKKKK
      Os de pena são lindos!
      Um beijo querida!
      Ótimo fim de semana!

      Excluir

Muito obrigada pelo seu comentário!
Thank you very much for your comment!
Muchas gracias por su comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...