terça-feira, 21 de abril de 2015

Não pode faltar tempero!

Não pode mesmo! Nem especiarias! Qualquer prato, trivial ou sofisticado, com os temperos certos, fica uma delícia! E nós podemos personalizar nossas receitas.
Na verdade, fiz este post para eu aprender mais sobre a alquimia dos temperos. Estou descobrindo, ainda, muitos deles, testando e me encantando com a diferença que eles fazem. E, claro, quero dividir com vocês o que aprendi com livros de receita e com minhas experiências.
Reuni em uma lista alguns dos temperos que mais gosto e aqueles que eu ainda quero usar. Fotografei alguns deles.
Espero que gostem desse post e que ele seja útil, tanto quanto foi para mim. E, se você conhece algum tempero incrível que não está nessa lista, comente, vou adorar aprender mais!

Açafrão - é de origem mediterrânea, doa uma cor amarelo-ouro para pratos como risoto, aves, caldos... Frutos do mar não são meus alimentos preferidos, mas, adoro paella espanhola que tem esse tempero como uma das suas principais características. Também gosto de salpicar um pouquinho de açafrão nos filés de frango antes de grelhar.
O açafrão é tido como a especiaria mais cara do mundo.

Alecrim - com aroma forte e sabor acentuado, o alecrim enriquece o sabor de sopas, carnes como aves, cordeiro, de porco e também peixes. É muito usado na Europa, especialmente Itália e França. O alecrim concentra mais seu sabor quando não está fresco. E não perde a intensidade durante o cozimento, como algumas outras ervas. Usamos muito esse tempero aqui em casa! Costelinha de porco assada, acompanhada com batatas! Delícia!

Alfavaca - é de origem brasileira, tem um sabor parecido com o do manjericão, mas tem as folhas mais graúdas. É geralmente usada em molhos e sopas.
Eu não conheço alfavaca... Com certeza vou querer experimentar!

Anis-estrelado - é da família da magnólia, tem sabor picante e é típico no preparo de pratos da cozinha chinesa à base de porco e pato. É originário da china e Vietnã.

Basilicão - é de origem africana, é da mesma família do manjericão e pode ser usado fresco ou seco em molhos.

Baunilha - preciso dizer, antes de tudo, que eu amo tudo que leva baunilha, tudo mesmo! Perfumes, cremes corporais, chás e, claro, comidas!
Descoberta no México, em 1571 (muito obrigada!),é obtida de orquídeas do gênero vanilla. É a segunda especiaria mais cara do mundo.
É amplamente utilizada em doces, bolos, sorvetes...
A forma mais comumente encontrada é como essência líquida, mas o meu sonho é encontrar uma fava de baunilha, para conhecer o perfume e sabor genuínos.
Eu uso nos cupcakes, nos cremes, nas panquecas doces... 

Canela - é muito versátil! Pode ser usada em pó ou em pau. É obtida da parte interna da casca do tronco da caneleira. É usada em molhos, bolos, doces, caldas, pães, compotas...
Chocolate quente com um pouquinho de canela no inverno! Todo mundo ama!
Outra sugestão é gratinar banana ou maçã no forno com um pouquinho de açúcar e canela em pó, é tão rápido, quanto gostoso!

Cardamomo - é um condimento aromático de sabor forte, picante e adocicado. É utilizado em sopas, carnes de porco, bolos, biscoitos, pudins...É originário da Índia.
Não encontrei esse tempero por aqui, estou bastante curiosa. Quero experimentar no café, para aromatizar.

Coentro - é da família dos temperos verdes, é muito parecido com a salsa, porém, tem sabor e aroma mais estimulantes. Originário do Japão, é muito utilizado em peixes, frutos do mar, molhos e saladas.

Cominho - é originário do Mediterrâneo Oriental e do Egito. Tem sabor entre a pimenta e o anis e é bastante forte. Faz parte da composição do curry e é usado em pães, carnes, linguiças, molhos e queijos.

Cravo-da-Índia - O cravo é conhecido na Índia, Egito e China desde 600 a.C. Tem sabor e aroma bem fortes, deve ser usado com parcimônia, sob o risco de mascarar o gosto dos alimentos. Mas, na medida certa, é um aliado generoso para doces, chás, compotas... E, apesar, de ser muito associado aos doces, também pode temperar presuntos, carne de porco, molhos e picles.
Eu adoro cravo, uso até em pó, para fazer biscoitos!

Curry - originário da Índia, o curry não é uma especiaria, mas sim, uma mistura de várias delas como: cominho, cardamomo, coentro, gengibre, canela... Há alguns que chegam a misturar mais de 60 temperos diferentes.
Tem o sabor bem acentuado e é muito usado em pratos orientais, frangos, peixes e molhos.
Risoto de frango ao curry faz sucesso aqui em casa!

Endro - mais uma especiaria vinda da Índia! O endro é utilizado em molhos, patês, saladas, peixes e doces em calda.

Erva-doce - essa sementinha não pode faltar aqui em casa! Ela dá um sabor especial ao bolo de fubá e faz um chá delicioso e calmante. também é utilizada em doces em calda, pães e licores.


Estragão - tem sabor forte e picante, é usado em saladas, carnes, peixes, frango, molhos e sopas.

Gengibre - é originário da África e da Jamaica. É bem versátil e tem sabor apimentado. O gengibre é utilizado em bebidas quentes, pães,biscoitos, carnes e pratos orientais. Cookies de mel e gengibre são maravilhosos!

Hortelã - é originária da Inglaterra, é muito utilizada em pratos árabes, licores, doces, chás, saladas, sopas, molhos e também em drinques.

Louro - vem do Mediterrâneo. É utilizado em molhos, ensopados, conservas, carnes, sopas e feijão. Amo louro na feijoada!

Manjericão - um dos meus prediletos! É super aromático, suas folhas são bem delicadas, então, coloque por último nos alimentos. É uma delícia em pratos à base de tomate, pratos de massa, omeletes, sanduíches, peixes, pizza e o divino molho pesto.


Manjerona - é da mesma família do orégano, porém, a manjerona é mais requintada. É utilizada em carnes, como as de porco e carneiro, queijos e ovos. Eu uso também para temperar o feijão, aprendi com minha mãe.

Mostarda - é encontrada em grãos, creme ou pó. É bastante utilizada na preparação de picles, comida alemã e sanduíches. Aqui em casa, fazemos molho de mostarda para acompanhar filés, que os deixam muito gostosos.

Noz-moscada - serve tanto para doces quanto para salgados. É usada em biscoitos, tortas, carnes, molho branco e também em recheios de massas. Tem um gosto picante que deixa o purê de batatas maravilhoso.


Orégano - é típico da comida mediterrânea, é utilizado em molhos, bifes, pizza e vegetais refogados. Combina muito bem com manjericão.


Páprica - a Hungria produz a melhor páprica do mundo e consome muito esse tempero, que é extraído da pimenta doce. É utilizada em ensopados, patês, saladas, carnes e aves.


Pimenta branca - é extraída da pimenta-do-reino e usada em pratos mais claros como molhos brancos, pois dá sabor ao prato sem aparentar a sua presença.


Pimenta do reino - originária da Índia e é usada em saladas, peixes e carnes.

Pimenta da Jamaica - é muito usada na cozinha síria e para temperar carnes.

Sálvia - é originária do sul da Europa. A sálvia tempera carnes, aves e vinha d'alhos (marinada típica de Portugal, a base de vinho e alho). Pode ser usada fresca ou seca.
Galeto temperado com sálvia fica maravilhoso!

Tomilho - nativo das encostas do Mediterrâneo, seu aroma aparece quando é macerado. Combina muito bem com carnes, vegetais, sopas, molhos. Eu coloco até no arroz.


Zimbro - é tradicionalmente usado na cozinha escandinávia, tem sabor pungente. Cai bem com carne de porco, aves, e carne de caça, pratos feitos com batata, tilápia e chucrute. O zimbro vem de um pinheiro nativo do norte da Europa.
Esse é um tempero que eu quero muito experimentar!

Bouquet garni - é um conjunto de ervas frescas atadas por um fio de algodão, o que permite a retirada total da panela após o cozimento. As ervas mais usadas são tomilho, louro e salsa. O bouquet é adicionado à sopas,cozidos e molhos.

Herbes de provence - é uma mistura de ervas frescas ou secas como tomilho, alecrim, louro, manjericão e alfazema. Usada em molhos, saladas, grelhados, carne de porco e de cordeiro.

E tem ainda aqueles temperos que dispensam qualquer comentário. São generosos com todos os nossos pratos! 
Alho e tempero verde, por exemplo! Amo, uso muito!
O poder que todas essas especiarias tem de realçar o sabor e o perfume dos alimentos é incrível!

Obrigada pela visita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário!
Thank you very much for your comment!
Muchas gracias por su comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...